juntadefreguesiadecaires@gmail.com

Tel:  253 994 031

Horário de Funcionamento:
Terças e quintas: 19h00 - 20h30

Domingos: 10h30 - 12h00

Junta de Freguesia de Caires

Largo da Igreja, N.º 2 
4720-233 Caires

Amares

São Pedro Fins

O Monte de São Pedro Fins tem uma altitude de 550 metros.
Segundo, Pinho Leal:

“S. Pedro Fins, eminência outrora assinalada também por castro, de grandes proporções, ou castelo, depois por uma capela meeira entre Caldelas e Caires, dizendo que “a imagem do Santo veio para ali do lugar de S. Fins, freguesia de Rendufe, e por isso se chamou S. Pedro Fins por abreviatura de S. Pedro de S. Fins”.

Redundavam, outrora, os festivais destas capelas fronteiriças, S. Pedro Fins, S.to Ovídio e S.ta Cruz, em arraiais de grossa pancadaria, verdadeiras batalhas entre mancebos das terras circunvizinhas, que para aqui guardavam sistematicamente o tirar desforço de contendas e despiques, especialmente por questões de preferência entre namorados.

E as “cachopas” compraziam se lá no íntimo com a fama dos valentões, que passava de boca em boca no segredo de umas às outras de suas confissões amorosas.

A origem e razão de ser destes acontecimentos, com que de antemão já contavam os frequentadores destas romarias acidentadas, está bem de ver que se filiavam no exemplo de tradições medievais, que os cavaleiros criaram à volta das damas uma auréola de dignidade e de graça e desafiavam-se em justas e torneios para merecerem-lhes as simpatias.

Se foram de conveniência do momento, que imperou a força bruta, o reflexo de tais exemplos veio empalidecendo à medida que o policiamento dos costumes e o rigor das justiças os foi reprimindo e, simultaneamente, o artificialismo dos desportos também veio a supri-los.”

 

O Elucidário de Viterbo, sob a palavra mamoa, discorrendo sobre os diferentes meios naturais e convencionais com que nossos antepassados dividiam os territórios (arcas, petras fixas, arborea finales, etc.), apresenta uma razão mais aceitável, e em tal conformidade, S. Pedro-fins (de fines) - o segundo elemento significa “limites”.

Este pico altíssimo também foi conhecido por Castelo de Espinho: - Castrum spineum, por situar-se na espinha de todo o sistema montanhoso que se, elevava do bico da confluência ao bico da Geira, e em correlação com a mesma adequada nomenclatura geográfica de «Castrum anofrice e Castrum lagenosum». O Castrum spineum, povoado fortificado, localiza-se na vertente SW do monte de S. Pedro Fins, num esporão bastante largo, definido pela curva de nível dos 450m, com uma pequena sobre-elevação que corresponde a uma massa de afloramentos rochosos. O sítio é conhecido por Castelo de Espinho.

No local existem vestígios duma muralha de pedra miúda, visível sobretudo nos lados este e nordeste do monte. Por toda a superfície do esporão encontram-se fragmentos de tijoleira e escórias de ferro. Albano

Belino refere o aparecimento, neste sítio, de pedras aparelhadas pequenas mós, cerâmica e tégulas romanas.